0 item(s)

R$0,00

em 21/11/2018
  • AUDITORIA
  • CESPE
  • TCE-MG
  • PROVA COMENTADA

Pessoal,

Prova confusa e com até 3 possibilidades de recurso.

Abs,

Fonte

 

(Cespe/TCE-MG/2018) - Um auditor independente examinou se determinado critério de avaliação do objeto de asseguração inclui os devidos pontos de referência e pode influenciar as conclusões no contexto do trabalho. Nessa situação hipotética, o auditor realizou o exame de

A) integridade.

B) entendimento.

C) relevância.

D) confiabilidade.

E) neutralidade.

Comentários:

ATENÇÃO!

Segundo a NBC TA ESTRUTURA CONCEITUAL vigente, critérios adequados apresentam as seguintes características:

(a)     Relevância: Critérios relevantes resultam na informação do objeto que auxilia a tomada de decisões dos usuários previstos.

(b)     Integralidade: Critérios são plenos quando a informação do objeto preparada de acordo com eles não omite fatores relevantes que poderiam se esperar, razoavelmente, que afetem decisões dos usuários previstos feitas com base nessa informação. Critérios plenos incluem, quando relevantes, referências para apresentação e divulgação.

(c)      Confiabilidade: Critérios confiáveis permitem a mensuração ou avaliação consistente de determinado objeto, incluindo, se relevante, apresentação e divulgação, quando usadas em circunstâncias similares por auditores independentes diferentes.

(d)     Neutralidade: Critérios neutros resultam em informação do objeto que está livre de tendências como apropriado nas circunstâncias do trabalho.

(e)     Compreensibilidade: Critérios compreensíveis resultam em informação do objeto que pode ser compreendida pelos usuários previstos.

Como podem ver, desde 2015, quando a NBC TA 01 foi revogada pela NBC TA ESTRUTURA CONCEITUAL, o critério não é mais INTEGRIDADE e sim INTEGRALIDADE. Dessa forma, entendo que dá margem para recurso.

Gabarito preliminar: A - Recurso

(Cespe/TCE-MG/2018) - Ao verificar a racionalidade com que os recursos alocados a determinados programas em um órgão público são aplicados, o auditor governamental realiza o exame de

A) contas.

B) economicidade.

C) eficácia.

D) eficiência.

E) efetividade.

Comentários:

Ao se referir à racionalidade dos gastos públicos a questão remete à dimensão eficiência, que também pode ser entendida como a otimização da combinação de insumos para maximizar o produto quando o gasto total está previamente fixado.

Gabarito Preliminar: D

(Cespe/TCE-MG/2018) - Sabendo que a documentação de auditoria, independentemente do meio de sua elaboração, deve ser organizada e agrupada segundo sua finalidade, assinale a opção que indica a informação que deve ser arquivada como documentação de conteúdo corrente.

A) composição da estrutura organizacional

B) cópias de demonstrações financeiras

C) correspondência enviada ou recebida

D) planos e metas de longo prazo

E) pedidos e comprovantes de diárias

Comentários:

ATENÇÃO!

Até concordo que cópias de demonstrações financeiras podem ser entendidas como conteúdo corrente em uma documentação de auditoria, mas na questão há pelo menos outras duas alternativas que poderiam ser entendidas como papéis de trabalho correntes.

Se as correspondências enviadas ou recebidas se referem a assuntos relevantes apenas para aquele exercício, isso seria tratado como papel de trabalho corrente. Da mesma forma, pedidos e comprovantes de diárias tendem a ser úteis apenas naquele exercício para o auditor.

Gabarito Preliminar: B - Recurso

(Cespe/TCE-MG/2018) - O auditor designado para planejar a supervisão dos membros da equipe de auditoria poderá, em seu planejamento, ignorar

A) a área da auditoria.

B) os riscos de distorções relevantes.

C) a capacidade dos membros individuais da equipe.

D) as auditorias anteriormente realizadas.

E) o porte e a complexidade da entidade.

Comentários:

Segundo o item A 16 da NBC TA 300, a natureza, a época e a extensão do direcionamento e da supervisão dos membros da equipe e a revisão do seu trabalho podem variar dependendo de diversos fatores, incluindo:

(a)     o porte e a complexidade da entidade;

(b)     a área da auditoria;

(c)      os riscos de distorções relevantes (por exemplo, um aumento no risco de distorções relevantes para uma dada área de auditoria costuma exigir um correspondente aumento na extensão e no direcionamento e supervisão tempestiva por parte dos membros da equipe e uma revisão mais detalhada do seu trabalho);

(d)     a capacidade e a competência dos membros individuais da equipe que realiza o trabalho de auditoria.

Dessa forma, questão literal.

Gabarito Preliminar: D

(Cespe/TCE-MG/2018) - A respeito da formação da opinião do auditor e da emissão do relatório de auditoria, assinale a opção correta.

A) A conclusão do auditor deve restringir-se à obtenção de evidência de auditoria apropriada.

B) A avaliação da adequação da apresentação das demonstrações contábeis é obrigatória.

C) O parágrafo introdutório do relatório deve fazer referência ao resumo das principais práticas contábeis.

D) O relatório do auditor independente pode ser emitido por escrito ou oralmente.

E) O relatório do auditor independente deve ser endereçado com exclusividade à administração da entidade auditada

Comentários:

ATENÇÃO!

A nova redação da NBC TA 700, de 2016, diz que a referência ao resumo das principais práticas contábeis deve constar no parágrafo de OPINIÃO. Esse parágrafo até é o primeiro do relatório e “poderia” ser tratado como INTRODUTÓRIO, mas entendo que, para aqueles que erraram, devem tentar recurso com o argumento que o PARÁGRAFO INTRODUTÓRIO, com essa nomenclatura, estava previsto na redação antiga da NBC TA 700.

Gabarito Preliminar: C - Recurso

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00

MAIS DA CATEGORIA Questões e Provas comentadas

Questões e Provas comentadas

Tem possibilidade de Recurso!

Questões e Provas comentadas
Questões e Provas comentadas

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Precisa de ajuda? Entre em contato!
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação!